Domingo, 24 de Setembro de 2006
O Outono...




No primeiro domingo de Outono…




"Cheira a Outono..."


Seleccionei várias fotografias que mostrassem bem esta estação de mudança. As cores quentes, o tom ressequido das folhagens, nas mais variadas pinceladas, desde o amarelo ao vermelho, com que a mãe natureza pinta o mundo à nossa volta…




"Da terra outonal o verde da esperança..."




"... ou as cores das folhas ressequidas..."

 

Mas o tic… tic… da chuva na vidraça da janela veio-me recordar um poema de António de Sousa que li num livro que vos aconselho: “Brincar também é poesiapoemas de que as crianças gostam”.





"O céu de Outono é, também, poesia..."



Não resisti à tentação e cá estou eu a fazer concorrência ao Zé Manel, escrevendo este soneto:
 


          Canção da Chuva
 
Bate a chuva, tic… tic…
nas vidraças da janela,
Canta a chuva, tic… tic…
Que linda canção aquela!
 
tic… tic… tic… tic…
Que linda canção aquela
de meninas de despique:
— Qual de nós será mais bela?
 
Meninas a fazer meia
com as nuvens de novelo,
nenhuma delas é feia!
 
tic… tic… tic… tic…
Tenho um medo que me pelo,
que alguma delas me pique.
 
(António de Sousa)





"O pôr-do-sol no entardecer do Outono..."



Texto e fotos de Milú Coelho Gomes



Francamente, não consigo alinhar as fotos ao centro!!!!   


 
 
sinto-me: Não consigo alinhar as fotos..
música: "O Porto aqui tão perto" - Sérgio Godinho
publicado por zeca maneca às 20:44
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Domingo, 17 de Setembro de 2006
"Porto Interior" - Concerto na Bonjóia

 

"Porto Interior" - Concerto no Grande Lago da Casa da Bonjóia

Rão Kyao - Flautas

Yanan - Pi'pa e Guzheng



(Arranjo da foto inserida no convite)



"Porto
Interior


Local histórico na cidade de Macau que ilustra com o seu nome este encontro musical entre dois instrumerntos - a Pi'pa e a Flauta de Bambú.


Pretemdemos com este encontro continuar, através do som, a celebração da convivência de vários séculos entre Portugal e a China, que Macau historicamente tão bem exemplificou.


O espectáculo desdobra-se em várias partes nas quais interpretamos temas originais, repertório do folclore clássico chinês e Português, incursão do nosso fado e improvisação colectiva.


Esperamos, por este meio, louvar musicalmente o grande exemplo de convivência pacífica entre dois povos que tão vivamente marcado ficou na história de Macau.


Pensamos pois, através da música, humildemente contribuir para um futuro que fortaleça cada vez mais os laços que nos unem.

Yanan e Rão Kyao"

(in Programa distribuído no Concerto)





A noite estava a cheirar a Outono, fresca e húmida, neste sábado em que fomos assistir ao Concerto do Rão Kyao e da Yanan, no grande lago da casa da Bonjoia.

O cenário onde os artistas deram o espectáculo, iluminado com focos que projectavam tons azuis e vermelhos, contracenavam com tigelas de barro onde tremeluziam luzes de cera, rodeando-nos com uma noite mística do oriente.


Yanan surpreendeu-me com a sua sensibilidade dedilhando o Guzheng, as suas mãos ágeis e delicadas percorriam as cordas do instrumento, estabelecendo uma espécie de bailado entre os sons e os seus dedos...





Acompanhava com um sorriso e um olhar terno os solos que Rão Kyao arrancava das flautas, enquanto dedilhava a Pi'pa...
Melodias que me fizeram sonhar com o Oriente!





Foi uma noite mágica que, apesar de fria, fez-me lembrar as minhas raizes...

(Yanan interpretando um solo de Pi'pa)

 

Fotos e texto de Milú Coelho Gomes

17 Setembro 06




-----------------
Não tenho música própria para acompanhar este tema. Não tenho nada do Rão Kyao.
Carlos Paredes foi um músico e um guitarrista que fez história...
A Yanan, o Rão e o Carlos paredes que me desculpem... mas eu gosto de "Verdes Anos"...
---------------------------------





sinto-me: Feliz p/ter ouvido Yanan e Rão
música: "Verdes Anos" - Carlos Paredes
publicado por zeca maneca às 22:43
link do post | comentar | ver comentários (33) | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Setembro de 2006
Uma tarde, pelo Porto

 

No dia que fui levar a máquina de fotografar para ser arranjada, mesmo assim não resisti, em plena Santa Catarina, em fotografar este leão com expressão feroz.

 

 

Mas furiosa estou eu... quantas semanas levarão a arranjar a máquina?

Ficará bem?

Valerá o dinheiro do concerto?

Um bom fim de semana para todos e obrigado pelas visitas e pelos comentários que têm deixado.



Milú Coelho Gomes

 

 


 

 

 

sinto-me: A filhota já está a caminho...
música: A mesma... eu gosto!
publicado por zeca maneca às 23:28
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Setembro de 2006
FIM DE FÉRIAS...

 

Fim de Férias

 
Agosto chegou ao fim e com ele as minhas férias. Foi um mês agitado, mas diferente:
 
— Ajudei a Maria Mamede a mudar de casa;


 
— Fui à Feira de Artesanato em Vila do Conde, ver as obras dos artesãos, conversar com eles e comer (ai isso nunca perdoo!) a minha sande de presunto e a clarinha de Fão;
 



— Assisti ao Festival de Folclore Internacional com que foi encerrado o FestArte em S. Mamede Infesta;
 


— Fui a primeira inquilina da vivenda da Luna e da Babá (as cadelas da M. Mamede):
 
— Com o Zé Manel fotografei um anoitecer na Foz do Douro;
 
— Passei um dia maravilhoso na casa da amiga e colega lá nas margens do Rio Minho;
 
— Fomos almoçar a Ponte do Lima com o meu sogro e a tia Lourdes;


 
— Fotografei o Cortejo de Fatos de Papel e o Banho Santo, na Foz do Douro, inseridos nas festividades a S. Bartolomeu;



— Experimentámos o trajecto do Metro --- Fórum da Maia, Fonte do Cuco, Póvoa de Varzim. O almoço (e eu que estava a contar com um peixinho grelhado…!) foi “Francesinha”… mas que raio de ideia teve o Zé Manel!!!! Que grande desilusão!
 
Agora acabaram as férias que foram diferentes, caseiras, económicas… pena foi a máquina fotográfica ter “pifado”!!!
 
 
Novo ano escolar está à porta.
Vamos lá começar novo ano, novo ciclo, novos alunos, conhecer novos colegas…
 
É assim a Vida. Um ciclo que se transforma num círculo, ou seja, tudo se repete todos os anos.


 
Milú Coelho Gomes
(texto e fotos)
 

 A música fica na mesma.
Gosto muito desta versão de "Fascinação" pela voz da sempre saudosa Elis Regina.

sinto-me: Com soninho...
música: ""Fascinação" - Elis Regina
publicado por zeca maneca às 22:41
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Depois de Férias

. Até um dia destes...

. Uma vida sempre a correr....

. Um soneto de Florbela Esp...

. DIA DA MÃE

. Uma viagem virtual por Ti...

. Páscoa...

. Neste dia, aquele abraço!

. O último poema de Victor ...

. Soneto

.arquivos

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO
.subscrever feeds